Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Notícias em Destaques > Congresso de Educação
Início do conteúdo da página
Publicado: Terça, 11 de Junho de 2019, 20h00 | Última atualização em Sexta, 14 de Junho de 2019, 11h58 | Acessos: 77

Veja como foi a abertura oficial do 3º Congresso Nacional de Educação de Poços de Caldas!

Na manhã do último dia 06 de junho, no teatro da Urca, o IFSULDEMINAS – Campus Poços de Caldas e a GSC Eventos Especiais abriram oficialmente o 3º Congresso Nacional de Educação de Poços de Caldas. Participaram da mesa solene o diretor-geral do Campus, professor Thiago Caproni; a presidente da comissão técnica científica do evento e professora do Campus, Lorena Boechat; a secretária de educação de Poços de Caldas, professora Flavia Vivaldi; e o vereador Álvaro Canhani, representado a câmara municipal. Também estiveram presentes representantes da Superintendência Regional de Ensino, além de diretores, estudantes e servidores de instituições de ensino locais e de diversos estados do país.

IMG 4716

Os membros da mesa solene da abertura do 3º Congresso Nacional de Educação.

Em sua fala, o professor Thiago Caproni agradeceu a parceria com a GSC na organização do evento pela terceira edição consecutiva, elogiou o envolvimento dos servidores do Campus na avaliação dos trabalhos científicos inscritos e destacou que o IF está sempre aberto para novas parcerias em prol da sociedade. “Está sempre dentro da nossa temática estudar a educação e falar sobre ela. Nunca foi tão importante a gente discutir a educação. A gente precisa, de fato, aperfeiçoar e discutir. A educação e a sociedade são muito dinâmicas e a gente precisa acompanhar todas as mudanças, sejam elas tecnológicas ou sociais e um evento como esse é uma oportunidade muito grande para que a gente possa fazer essas discussões dentro de um nível elevado, com profissionais capacitados e reconhecidos no Brasil”, frisou o diretor.

Em nome da comissão técnica científica do evento, a professora Lorena Boechat salientou o aumento no número de trabalhos científicos inscritos no congresso, que saltou de 75 trabalhos em 2017 e 152 em 2018 para mais de 250 em 2019. Boechat explicou que a comissão técnica analisou todos os trabalhos, identificando inconsistências e apontando aos autores possibilidades de adequação. “Efetivamente, o Congresso configura-se como um espaço de produção e disseminação da pesquisa acadêmica e científica. Um espaço fértil para a apresentação dos resultados parciais ou finais de pesquisa vinculados ou não a programas institucionais, às agências de fomento estaduais, nacionais ou internacionais, aos cursos de graduação, pós-graduação, à iniciação científica, ou mesmo, aos trabalhos de conclusão de curso, à produção acadêmica em geral, cuja proposta caracterize-se como pesquisa científica”, disse.

Palestra do prof. Gaudêncio Frigotto

Abrindo o evento, o renomado professor Gaudêncio Frigotto proferiu a palestra “Educação Básica e o papel docente: os clientes e desafios do presente”. Frigotto enfatizou que o sentido da Educação Básica é dar base aos educandos e formar cidadãos. O professor falou sobre a importância dos institutos federais, dos projetos de extensão desenvolvidos pelas instituições de ensino e da oferta de uma formação humana nas escolas: “a escola não forma capital humano, ela forma gente”. “A base da educação básica deveria ser professor em uma só escola, tempo integral e com salário digno. Temos que brigar por condições de trabalho. A culpa pelos problemas da edução está nas condições onde o professor trabalha”, afirmou.

IMG 2251

O renomado prof. Gaudêncio Frigotto em palestra sobre a Educação Básica. 

Considerado uma das mais importantes autoridades em Educação do país, Gaudêncio Frigotto foi eleito como personalidade educacional no Estado do Rio de Janeiro em 2011, recebendo ainda diversas homenagens, como o Prêmio Cora Coralina, pela Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Educação. Possui mestrado em Administração de Sistemas Educacionais pela Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro (1977) e doutorado em Educação: História, Política, Sociedade - pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1983).

O Congresso de Educação

O 3º Congresso Nacional de Educação de Poços de Caldas contou com uma programação variada, incluindo palestras com educadores renomados, minicursos, oficinas, feira de educação e apresentação de trabalhos científicos. Estiveram inscritos no evento cerca de 300 participantes, entre servidores, alunos e gestores de instituições de ensino de diversos estados brasileiros.

Além de realizar uma mesa redonda no congresso, o IFSULDEMINAS foi responsável pela avaliação dos trabalhos científicos. Fizeram parte da comissão técnica científica os servidores: Lorena Boechat (presidente da comissão), Andrea Marrafon, Berenice Santoro, Heliese Pereira, Josirene Barbosa, Luciana Nascimento, Karla Zucoloto e Sérgio Teixeira. Os alunos do Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica do Campus Poços de Caldas também auxiliaram na avaliação dos pôsteres. Ao todo, foram submetidos mais de 250 trabalhos, em diversos eixos temáticos, como educação ambiental; tecnologias de informação e comunicação aplicadas à educação; formação inicial, continuada e valorização dos profissionais da educação; educação e diversidade. Para mais informações, acesse: www.educacaopocos.com.br

Assista ao vídeo sobre a abertura do congresso!

Veja também alguns trechos da palestra do prof. Gaudêncio Frigotto!

E confira as fotos do primeiro dia do evento!

ASCOM - Poços de Caldas
www.facebook.com/ifsuldeminaspocosdecaldas
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Fale conosco: 3697-4974

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página